Algumas últimas palavras

Eu poderia postar milhares de emails, mas acho que este resume tudo.
Levanta o braço aí quem ainda tem dúvidas?


---------- Forwarded message ----------


From: Leonardo werneck
Date: 2009/1/22
Subject: Algumas últimas palavras
To:  <@gmail.com>

Vida,


Errei, errrei sim e muito. Menti e omiti tantas coisas que não tinha tanta importância. Nunca provei coisas simples, e como te disse certa vez, não saio contando minha vida inteira pra todo mundo. Não sabemos quem está do outro lado.

Sei que você abriu sua vida a mim, mas há tantas coisas que também não sei, e que acho ser irrelevante, por exemplo, teu endereço, o nome dos teus pais. Mas, falo por mim.Sei que você não acredita em nada do que eu te digo, e que talvez esse e-mail seja tão desnecessário quanto tentar te reconquistar, no entanto, não tenho mais nada a perder e talvez um pouco de sinceridade ainda que tardia, valha de alguma coisa.

Embora possa parecer contraditório, nunca te enganei quanto a meus sentimentos por você. Todas as vezes que eu disse que te amava, eu disse verdadeiramente. Todos os sonhos e planos que plantei em ti, foram regados diariamente por mim com a esperança e crença de que tudo fosse se concretizar. Sonhei cada sonho, visualizei nossos planos e me vi contigo em todos eles. Tudo o que te prometi, o fiz por saber que poderia cumprir.

Te prometi vida de rainha, te prometi um filho, prometi casar. Tudas essas promessas estão vivas em mim, esperei por você ansiosamente e impacientemente durante esse tempo todo.

Hoje me arrependo de ter deixado tanta interferência atrapalhar nossa vida, penso que se desde o início eu tivesse sido verdadeiro nas minhas atitudes e te dado todas as certezas do mundo, seriamos outros hoje, estariamos mais unidos do que nunca. Estariamos unidos. Nós dois viviamos em uma enorme queda de braços, no início não acreditava como uma mulher tão forte como você poderia amar alguém tão fraco e errado como eu. O tempo foi passando, nossos laços se estreitando e eu acabei não te dando as certezas mais simples, não te contando tudo a meu respeito, eu achei que tudo fosse resolvido e explicado quando a gente estivesse aqui cara a cara.

Eu entendo hoje o que você está sentindo. Essa sensação de ter sido enganada e iludida, sim eu entendo e até concordo, minha atitude, ou falta dela, não condiz com a grandeza do que sinto por ti, mas ainda assim, sem crédito eu peço que acredites em mim, vc nunca deixou um minuto sequer de ser amada por mim. Assim como acredito que sou amado.

Chegou o momento de largar de orgulho e te pedir perdão por cada lágrima que você derramou, por cada dúvida que deixei criar raiz. Quero te pedir perdão acima de tudo por eu não ter conseguido ser o homem bom que eu estava me tornando contigo.

A razão pede para que eu me mostre a ti, escaneie documentos, que eu insista em provar pra ti que eu sou quem digo que sou. Porém, a emoção diz que eu deva te deixar, não mais insista em resgatar algo que você não quer mais porque as feridas e cicatrizes que te causei não sumirão facilmente. É difícil escolher o melhor caminho a seguir porque qualquer um eu estarei sem ti e isso talvez seja o preço por tanto erro cometido. Eu te devo provas e não irei negá-las, porque você precisa saber que amou um homem e não um fantasma, muito menos uma mulher.

Eu sei que você cumprirá a sua palavra dessa vez e irá me deixar, também sei o vazio que isso causará em nós dois, não negue.Sei também que essa ausência irá nos ferir mais do que qualquer outra coisa, mais do que palavras duras, porque por mais raiva ou ódio que você esteja de mim, criamos laços, vínculos e atingimos um grau de intimidade inegavelmente grande, e nivel assim, não teremos com mais ninguém.

Você disse que te roubei um ano e quatro meses de vida, pois saiba que a recíproca é verdadeira, nossa história se mistura nesse período e tudo o que vivi e deixei de viver aqui, foi em tua função. Passamos por momentos inesquecíveis aqui, eu acompanhando tua trajetória e você a minha. Você estava comigo quando passei no vestibular, vc estava comigo e me ajudou a reconquista a minha filha, e eu estava contigo numa terra distante, estranha, ouvindo empolgado e curioso todas as tuas aventuras, foi maravilhoso conhecer o Japão pelos teus olhos. Quando viajei pra São Paulo, quando fui pro Uruguai vc estava comigo. Quando eu perdi a minha avó você segurou minha mão e esteve comigo também na minha pneumonia e duas cirurgias no pé, Há pouco tempo, segurei tua mão quando tuas perdas foram grandes, tua tia. e eu estava contigo. Fui eu que vi teus olhos brilhando de felicidade com a neve as 7 da manhã, fui eu que ri contigo quando se perdeu, quando vomitou na primeira balada, eu estive contigo nas montanhas, no vulcão, estive contigo no navio pra Tóquio. Fui eu quem segurou tuas mão quando a distância entre você e Arthur pareciam ser maiores e quando eu te acalmei dizendo que ele só queria atenção, só isso. Nossa vida em 1 ano e quatro meses está entrelaçada e isso nem teu ódio será capaz de negar. Contigo voltei a sorrir, a cantar, a escrever. Meu dia a dia aqui só tinha graça porque depois da faculdade eu iria te ver, tua voz me acalmava, tua voz me fazia ser criança e confessar meus medos

Em 1 ano e 4 meses mudei sim contigo, acho que foi a rotina que nos fez isso, era como você dizia, a gente não precisa ser sempre romântico e falar de amor pra amar alguém. Tinha dia que eu tava sem a menor paciência pra estar aqui, tinha dias que eu queria sair e sempre odiei as vezes que você não reconhecia que eu estava aqui unicamente por ti, eu me enfraquecia, depois vieram as tuas formas de me esconder, tirou o namorando do orkut, me impediu de postar pra ti e eu me enfraqueci mais, o que não significa falta de amor, desejo, foram consequencias apenas.

Gostaria de continuar contigo, ser teu amigo já que pra teu namorado, vc não me quer mais. É muito difícil me desprender de tudo o que a gente tem e sonhou. Não consigo me conformar que me doei esse tempo todo em vão, não, eu não me conformo, é como se algo estivesse inacabado na minha vida. Mas se essa é a tua vontade, preciso acatar e sair de cena, mas saiba que estarei sempre aqui para o que você precisar, se quiser conversar, trocar uma idéia, rir, se distrair, me procure se receio, nunca virarei as costas pra ti, sempre serei seu amigo pronto pro que der e vier. Eu já te disse isso, eu não quero perder o contato contigo, porque você e sempr será uma pessoa importante pra mim, espero poder contar contigo dessa mesma forma.


Um beijo grande do sempre e pra sempre teu.

[Suplico que não me mate não, dentro de ti]



Amo você



--

Leonardo Werneck

10 comentários:

Eu. disse...

Isso é uma imensa palhaçada, cara.
O que essa menina fez contigo foi muita maldade. Muita!
Olha sua vida agora. Olha sua saúde emocional.
Meu, juro por Deus que se estivéssemos geograficamente perto uma da outra, nem que eu te arrastasse à força, você acabava de vez com ela.

Se cuida, garota.

Um beijo!

A Intérprete disse...

E a pessoa admitir que depois de 1 ano e 4 meses não pretende se mostrar real dando uma justificativa estapafúrdia dessas por si só é motivo pra um mutirão bater lá na porta dela e 'afofar' ela a porrada!

Lah disse...

nossa pasmei com esse e-mail, uma pessoa q vive as histórias da vida de outra e mais ouutras tantas inventadas....
loucura...
essa garota precisa de tratamento sério....
e ainda me diz que é o Dr Leo o tal Teórico e agora Dr do Absurdo...

podiam ser gemeos duma novela mexicana.....

pasmei...

A Espectadora disse...

Sempre fui contra a violência física, mas nesse caso abro uma exceção.

Carolina-Leonard-Werneck-Teorico-Araujo-Pinto-MissViolet-etc,etc,etc merece uma surra daquelas, sabe. Daquelas que a gente espoca a cara da fulana e deixa marcas, pra cada vez que ela olhasse aquela cara horrorosa que ela já tem, mais a ausência dos dentes e os olhos roxos, lembrasse que NUNCA MAIS deve-se brincar com o sentimento das pessoas.

Aí, depois de tudo isso, que se instalasse um processo judicial por agressão. Porrada dada ninguém tira mesmo.

Estela disse...

"Porrada dada ninguém tira, mesmo"... kkkkkkkkkkkk
Com certeza, não, mas pra evitar que outras sacanagens aconteçam, só com tratamento, e determinado pelo Poder Judiciário. Apesar de toda a amolação que existe em qualquer coisa que envolva o Judiciário brasileiro, a dita cuja deve ser notificada. É questão de proteção à sociedade.
Sucesso!

Ela disse...

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=10069462592121999420&mt=10

Acho que achei mais um perfil dele (a). Veja as fotos do álbum "Morei no Japão". Algumas são idênticas ao do Teórico

Raíssa Lucena disse...

Essa pessoa deve ter lido o livro Negrinha de Monteiro Lobato e se baseou em um conto que tem lá, chamado de Uma história de mil anos, e retrata duramente a forma como a personagem principal foi ludibriada por um homem (no caso, mulher) com o mesmo estereótipo.

Fico revoltada com uma infeliz dessa! Se precisar de ajuda mande-me um e-mail (sei que é duro confiar em alguém via web depois do ocorrido, mas sou do bem.
Adiciona meu Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=3956115510634595988

Fica com Deus colega! Tudo de melhor na sua vida.

Anderson Cruz disse...

Estou no blog certo?

Entendi "só metade..."

Bjos.

http://religiaourbanna.blogspot.com/

A menina disse...

É maluca demais! e continuam soltas!
Fiz um orkut só p postar as fotos que a minha maluca usa:

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=16013952949238513033

Thainan disse...

Infelizmente vivenciei isso tudo. Mas no meu caso eu demorei 2 anos para descobrir. E o pior de tudo, sabe como descobrir que estava sendo enganada? Só quando peguei um avião para a cidade do suposto Felipe.
Foram 2 anos juntando dinheiro, até porque hoje tenho 17 anos e na época eu nao trabalhava.
Chegando lá me deparo com uma garota chamada Luiza.
aaaain, como dói relembrar isso tudo.
Hoje faz exatamente 3 meses que descobri tudo, 3 meses da minha viagem escondida dos meus pais, 3 meses de dor, amargura e insegurança...

Meu blog : diariotf.blogspot.com

BEIJOS, Thainan.

Postar um comentário